Header Ads

Quem Deve Aparecer Mais?


"É necessário que ele cresça e que eu diminua" (João 3:30).
Um homem escreveu para sua casa dizendo que havia estado em uma grande cidade e que tinha tido oportunidade de ouvir dois grandes pregadores, um pela manhã e outro à noite. Ele contou que pela manhã ouviu o Pastor B e na reunião da noite ouviu o Pastor S. "Eu fiquei impressionado com ambos. Dr. B é um grande pastor, mas, Dr. S tem um maravilhoso Salvador." Que tipo de impressão causamos aos que nos ouvem ou nos conhecem? Costumamos priorizar aquilo que somos ou aquilo que de Deus temos recebido? Estamos sempre buscando bênçãos ou procurando ser bênçãos para os demais? Queremos que nossas virtudes apareçam ou que o Senhor Jesus Cristo apareça em nós? Não estamos errados quando tentamos mostrar nosso preparo, nossa capacidade e realizações. É para isso que vivemos -- para crescer, realizar sonhos, alcançar vitórias. Mas, quando deixamos a glória de Deus brilhar em nossas vidas e quando procuramos realçar aquilo que o Senhor faz em nós e através de nós, não apenas testificamos de nosso regozijo como proporcionamos a oportunidade de outros se alegrarem da mesma forma que nós. A motivação principal do bem que fazemos deve ser mostrar o grande amor de Deus. Nossos exercícios de fé e confiança nada mais são do que o proclamar do grande poder do Senhor. A firmeza de nossa esperança é uma pregação viva de que tudo é possível para aqueles que em Cristo confiam. Provavelmente, muitos ficarão empolgados com o seu êxito pessoal e serão estimulados a prosseguir em suas tentativas de conquistas. Mas, certamente, o alcance do brilho do Senhor em sua vida não só motivará a muitos como também edificará vidas, fortalecerá lares, transformará o mundo. A primeira opção fará de você uma pessoa muito feliz neste mundo; a segunda, estenderá esta felicidade por toda a eternidade.
Fonte: Paulo Barbosa - Grupo Virtual Adventista - Yahoo Groups

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.